segunda-feira, 31 de maio de 2010

VISITA DE ESTUDO - INSTANTÂNEO

..
A Etelvina, Vina para os amigos, é tarefeira na escola de há uns anos a esta parte. Gosta de fazer bem o trabalho que lhe cabe em sorte, não se dispensando de uma pitada de bom humor.
Na visita de estudo foi uma companhia preciosa, principalmente no autocarro, onde animou as hostes com a sua boa disposição. A certa altura (instantâneo colhido pela prof.ª Júlia) dizia ela para o grupo de professores, perante o ar de gozo da Teresa:
- O meu homem tem lá uns feijoeiros que dão umas vagens assim! Com meia dúzia delas faz-se uma panela de sopa!
Ah, grande Vina!
.
.

A NOSSA VISITA DE ESTUDO

.
CASTELO
.
Na quinta-feira, dia 27 de Maio, fomos a Santa Maria da Feira.
Quando fomos ao castelo eu vi seteiras nas paredes. Depois fomos pelo adarve ou caminho de ronda. Percorremos o castelo todo e eu tirei fotografias giras.
Vimos troneiras e a barbacã. A torre mais alta do castelo é a torre de menagem, que é para onde fugiam quando não se podiam defender. A torre de menagem é onde se guardava o tesouro ou as riquezas do castelo. A sua porta estava sempre a grande altura para os inimigos não conseguirem lá chegar, por isso tinham uma escada de madeira.
Enquanto visitávamos o castelo, alguns figurantes com roupa da época simulavam combates.
Foi muito fixe!
.
Texto: Diogo Cardona - 4.º ano
.

Turma do 4.º ano
.
VISIONARIUM
.
Depois de visitarmos o castelo fomos almoçar mesmo junto ao Visionarium, onde havia um regato com pedras muito lindas.
Entrámos para o Visionarium e vimos um filme a explicar coisas de ciência e sobre os átomos.
Depois fomos visitar três salas: uma chamava-se Odisseia da Vida, outra chamava-se Odisseia dos Sentidos e a última Odisseia do Universo.
A que eu mais gostei foi a Odisseia do Universo. Havia uma balança em que nos pesávamos e dava também para ver quanto pesamos noutros planetas. Na Lua pesava 5 Kg, em Plutão pesava 2 Kg e em Saturno pesava 26 Kg.
Com uma roldana consegui levantar 150 Kg.
Nessa sala havia um lançamento de foguetão.
Foi mesmo muito fixe!
.
Texto: Pedro Soares - 4.º ano
.
.

VISITA DE ESTUDO

.Turma do 3.º ano
.
No dia 27 de Maio de 2010 fizemos uma visita de estudo a Santa Maria da Feira, ao castelo e ao Visionarium.
Parámos nas estação de serviço de Vouzela para tomar o pequeno-almoço. Havia lá um parque e eu fui.
Fomos ao castelo de Santa Maria da Feira. Primeiro vimos um filme e depois fomos visitar o castelo. Tivemos que subir muitas escadas e vimos senhores vestidos à época medieval a lutar com espadas que pareciam verdadeiras.
Depois almoçámos no Europarque, mesmo ao lado do Visionarium.
Como faltou a luz no Visionarium, tivemos que ir ao Pavilhão de Exposições, mas não entrámos.
Quando veio a luz, voltámos outra vez para o Visionarium e entrámos. Primeiro vimos um filme e depois visitámos três odisseias para fazermos jogos.
A seguir fomos a uma loja e quem quisesse comprava.
Depois fomos lanchar e eu comi um gelado.
Quando chegámos a Aldeia de Joanes, a minha mãe, o meu pai e o meu irmão já lá estavam à minha espera. Fui para casa, jantei e fui para a cama.
Foi um dia muito fixe!
.
Texto: Catarina Jerónimo - 3.º ano
.
.

domingo, 30 de maio de 2010

RESULTADOS DO XXVI PROBLEMA DA SEMANA

.
Pronto, cá estamos de novo para aquilatar os resultados do XXVI Problema da Semana.
À semelhança da semana passada, o número de respostas não foi considerável. Compreende-se, pois o ano foi intenso e o cansaço já se faz notar em todos os quadrantes.
Mas vamos à resolução:
Primeiro dividíamos 141 por 3, e obtínhamos 47. Como os números eram ímpares, tirávamos 2 a 47 e obtínhamos 45; depois, somávamos dois a 47, e alcançávamos o 49. Ou seja, os números dos sapatos dos três palhaços eram o 45, o 47 e o 49.
Resta anunciar o vencedor. E esta semana o primeiro a responder correctamente foi o Henrique. Parabéns, Henrique! Já podes começar a fazer planos para o teu chocolate.
Sexta-feira cá estaremos de novo. Uma boa semana para todos!
.
.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

ANÚNCIO DE FARINHA

.
Como é do conhecimento de todos, a nossa escola desenvolve, de há dois anos a esta parte, o Projecto Ciclo do Pão. Talvez por isso, ao vermos este anúncio a nossa atenção ficasse presa a esta pequena maravilha. Ora vejam...
.
video
.
.

PROBLEMA DA SEMANA - XXVI

.PALHAÇOS
.
O Zacarias, o Trompete e o Batatinha são palhaços trapalhões.
Certo dia, por entre risos e travessuras, depararam-se com um grande enigma:
.
Nós somos três amigos
Unidos por convicção
Nossos pés são seguidos
No número do sapatão.
.
Sabendo que a soma do número dos seus sapatos é 141 e que os números são ímpares, qual era o número de calçado de cada um?
.
.

VISITA DE ESTUDO A SANTA MARIA DA FEIRA

.Turma do 1.º ano
.
Ontem, dia 27 de Maio, os alunos da Escola EB1 Aldeia de Joanes fizeram uma visita de estudo a Santa Maria da Feira.
Logo de manhã cedo saímos da Aldeia em dois autocarros.
Pelo caminho, parámos numa área de serviço para tomarmos o pequeno-almoço.
Já lá, visitámos o lindo e muito antigo castelo. Subimos muitas escadas para irmos às torres.
Vimos guerreiros a lutar e uma princesa.
De seguida, fomos para o Visionarium.
Almoçámos no relvado do Europarque.
No Visionarium vimos um filme e vimos muitas coisas sobre a Terra, o corpo humano e muitas coisas interessantes.
Voltámos para a nossa terra, parando pelo caminho para lanchar.
Chegámos às 10 horas da noite.
.
Texto colectivo - 1.º ano
.

.

POR TERRAS DA FEIRA

.
Ontem a nossa escola deslocou-se, em peso, para terras de Santa Maria da Feira. À espera, aguardando a nossa visita, estava o castelo e o Visionarium. Cenários bastante diversos, num entrecruzar do passado com o futuro, mas que complementaram muito bem a nossa sede de conhecer cada vez mais o mundo que nos rodeia.
Os nossos pequenotes vibraram com a visita, condimentando o conhecimento com a diversão. Nos dois autocarros a animação foi quase permanente, numa alegria só possível nas crianças. Depois, chegada a hora das visitas, aceitaram o convite da especificidade dos mundos em questão, mergulhando com interesse nos cenários desenhados.
A hora das refeições foi de retempero, mas também de animado convívio. Pudera! Quem não gosta de aulas assim?
.
.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

O MARINHEIRO PERNA-DE-PAU

..
Num dia chuvoso, sexta-feira treze, eu, o Tom, a Becky e o meu papagaio Huck fomos enfrentar as marés de que toda a gente tinha medo.
O Tom achava que tudo era feito de palhaçada, a Becky não gostava de perder nada na vida, o Huck é apenas o meu papagaio falante e eu sou o marinheiro Perna-de-Pau. Já tínhamos atravessado metade do mar, e ainda não tínhamos visto nada.
De repente começou uma tempestade, mas a Becky dizia que chegávamos ao fim do mar sem acontecer nada. Mas a tempestade aumentava. O Huck ficou com tanto medo que até ficou depenado. Então o Tom disse:
- Que tempestade tão gira!
- Tão gira? É horrível! - disse a Becky, já a ficar preocupada.
- Não vamos desistir, não é pessoal? - disse eu.
E logo de seguida todos disseram:
- É!
Ao fim de algum tempo saiu um monstro do mar, um enorme gigante com a barba por fazer, que disse:
- Este mar é meu, não é vosso!
Então o Tom virou-se para mim e perguntou:
- Perna-de-Pau, meu brincalhão, este monstro é feito de quê?
- Borracha? Gomas? - disse a Becky.
- Becky! Tom! Não fui eu que o fiz! - respondi eu.
- Pum!
O Huck, que estava a meu lado, desmaiou.
De repente acordei e estava no barco com todos os meus amigos, preocupados comigo, e percebi que tudo aquilo não passava de um sonho.
.
Texto: Inês Barroso - 4.º ano
Ilustrações: Inês Barroso (em cima) e Maria Mesquita (direita)

.
.

O COMBOIO DOS ANIVERSÁRIOS

.
Hoje, chegou a vez do Licínio entrar no comboio dos aniversários. Muito animado e com todos bem afinados, festejou os seus 8 aninhos, cantando e sorrindo!
Parabéns Licínio!
Pois é, e é hoje que o nosso maquinista entra oficialmente de férias!
Por agora o nosso comboio dos aniversários, que não pára no tempo, continuará a sua viagem, a um ritmo um pouco mais calmo, mas com todos a bordo ...
Esperamos regressar em Setembro com muitas novidades para contar.
Até lá... Pouca terra, pouca terra! Uuuuh! Uuuuh!
.
.

terça-feira, 25 de maio de 2010

PARABÉNS, BEATRIZ!

.
A pouco e pouco os nossos finalistas vão completando os 10 anitos. Desta vez foi a Beatriz Esteves, que não escondeu uma ponta de emoção quando os colegas lhe cantaram os parabéns.
O final do ano aproxima-se a passos largos, e com ele as despedidas do grupo do 4.º ano. Eles começam a ficar expectantes com a futura transição, mas continuam a não se coibir de evidenciar a boa disposição.
Parabéns, Beatriz!

EU, ROBOT...

. Não, não é um extra-terrestre!
Depois da invasão das simpáticas e rechonchudas lagartas, chega a vez de apresentarmos o TECNÓIDE!
Este robot nasceu no lugar mais criativo do mundo, o "Planeta Imaginação". Foi tomando forma, cor e identidade nas mãos dos nossos alunos, que são os seus verdadeiros criadores.
Como eles dizem, o TECNÓIDE é um especialista em matemática, excelente conhecedor das tabuadas da multiplicação (que canta de cor e salteado), mas também é um protótipo exemplar no que respeita ao tipo de energia que utiliza. Pois é, a sua "inteligência" funciona graças à energia solar. Utilizando como fonte de alimento uma energia renovável, não poluente e amiga do meio ambiente, o TECNÓIDE está apto a permanecer no nosso planeta e representará assim a mascote da nossa escola!
Esperamos que, com todo o carinho que tem recebido dos nossos alunos, seja um robot que, mesmo sem "coração" consiga chamar à razão o coração dos Homens para que alterem o seu comportamento no sentido de fazerem uso maioritário das energias renováveis!

.

VISITA DE ESTUDO - PROGRAMA

.
.
O tempo parece ter azedado, mas isso não será impeditivo para que, na próxima quinta-feira, partamos em visita de estudo ao VISIONÁRIO.
.
PROGRAMA
.
07:15 - Concentração na escola
07:30 - Partida
10:30 - Panorâmica de Aveiro
11:30 - Castelo de Santa Maria da Feira
13:00 - Almoço
14:30 - Visionário: visita geral e espectáculo multimédia
16:30 - Costa de Prata
18:00 - Lanche
21:00 - Chegada a Aldeia de Joanes
.
.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

INSTANTÂNEOS

.
Quem teria dito a piada?
Boa disposição no recreio. Há momentos assim...
.
.

SE EU FOSSE UM EXTRA-TERRESTRE

.
.
Se eu fosse um extra-terrestre vivia no planeta Extra-Fantástico e tinha muitos amigos extra-esquisitos.
Uns tinham a cara fininha e outros grossa de mais, uns tinham apenas um olho e outros tinham para aí uns mil... Bem, eram todos esquisitos!
Um dia tivemos visitas. Um astronauta vindo da Terra aterrou no nosso planeta e foi uma festa, porque nós nunca tínhamos visto um ser humano.
Nós pensávamos que a comida dele era extra-esquisita, mas ele deu-nos a provar e era deliciosa.
No fim fizemos uma dança e o astronauta foi-se embora.
.
Texto e ilustração: Beatriz Pereira - 3.º ano
.
..

O FRUTAS E AS BANANAS

.
Cá estamos de novo! Desta vez, o FRUTAS apresenta algumas informações importantes sobre o consumo de banana, outra fruta que deve fazer parte da nossa alimentação. Eis algumas das conclusões a que chegaram os alunos da nossa escola.
.
A banana é uma fruta de alto valor nutritivo, energética e sem gorduras. É rica em vitaminas, fibras e sais minerais, muito rica em açúcar, principalmente cálcio, magnésio, fósforo, ferro e vitaminas A, B1, B2 e C. Esta fruta revitaliza o sistema muscular, fortalece os ossos e é muito aconselhável para problemas gástricos, para facilitar o bom funcionamento dos rins ou também para enriquecer o leite materno. A banana tem outra vantagem, pois, o seu açúcar é tolerado pelas pessoas diabéticas.
.
Confessamos que, durante o trabalho de pesquisa, foi inevitável que um outro animal ficasse fora de conversa, pois é, referimo-nos ao macaco que, como todos sabemos, é um grande apreciador desta fruta.
Então e para animar, vamos lá ajudar o macaquinho a apanhar deliciosas bananinhas! Só é preciso alguma agilidade, persistência e clicar aqui.
.
.

domingo, 23 de maio de 2010

RESULTADOS DO XXV PROBLEMA DA SEMANA

.
Após um fim-de-semana bem quentinho, em que não poucos se terão lembrado da praia, chegou a altura de fazermos as contas às respostas apresentadas pelos participantes ao XXV Problema da Semana.
O desafio, desta vez, era mais difícil, e talvez por isso o número de respostas se tenha ressentido. Houve várias respostas certas, mas o primeiro a responder correctamente foi o João Baptista, que o fez da seguinte forma:
"...considerando que as cestas 8, 9 e 15 têm ovos de pata e as cestas 11, 12 e 23 têm ovos de galinha, temos:
- um total de 32 ovos de pata;
- um total de 46 ovos de galinha.
Vendendo a cesta 9 (pata) ficamos com 23 de pata e 46 de galinha (o dobro)".
Parabéns, João! Amanhã receberás o teu chocolate.
E pronto, sexta-feira cá estaremos de novo. Uma boa semana para todos!
.
.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

PROBLEMA DA SEMANA - XXV

.
OVOS
.
Uma camponesa levou para o mercado seis cestas com ovos: uns de galinha e outros de pata. Cada cesta tinha uma etiqueta com o número de ovos que continha:
.
- Se vendo esta cesta - pensava a camponesa - ficarei com duas vezes mais ovos de galinha do que de pata.
A que cesta se referia a camponesa?

.
Desculpem, mas hoje é propositadamente mais difícil. Espero que se divirtam em família.
.
.

DISSOLVE OU NÃO DISSOLVE?

.
Realizar experiências, observar e tirar conclusões para aprender a conhecer o Mundo que nos rodeia faz parte das estratégias que ajudam, de forma divertida e útil, à aquisição das competências essenciais do saber fazendo, através da ciência.
Hoje os alunos do 2º ano, vestindo o papel de pequenos cientistas, desafiaram a solubilidade de alguns materiais.
Deitaram água em vários copos e colocaram dentro de cada um arroz, açúcar, sal, uma batata e uma pedra. Depois foi marcado um tempo e, de colher na mão, todos começaram a mexer.
Passado o tempo determinado assinalaram o que observaram:
...........- materiais solúveis: sal e açúcar
.......... - materiais insolúveis: pedra, arroz e batata
Desta forma, experimental e animada (que o diga o Kevin!), não foi difícil concluírem que há substâncias que se dissolvem na água e outras não.
Experimentem com outros materiais, pois podem descobrir muitas coisas interessantes!
.
.

UMA FLOR PARA A MADEIRA

. .
Todos se lembram da tragédia que se abateu, há pouco tempo, sobre a Madeira, deixando um enorme rasto de destruição.
Se há momentos próprios para praticarmos a palavra solidariedade, este é um deles. E foi com isso bem presente que o Agrupamento de Escolas Serra da Gardunha se lembrou de promover uma campanha "Uma Flor para a Madeira", visando dar o seu contributo solidário para a causa da reconstrução. Para isso foram elaboradas flores de tecido, que irão ser colocadas à disposição da população para que haja um retorno monetário.
Os nossos alunos vão levar hoje uma flor para casa, a fim de darem sequência à corrente solidária. Que se pretende generosa.
.
.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

PRODUTOS AGRÍCOLAS DA NOSSA REGIÃO

.
A nossa região é muito boa para se cultivar muitos produtos agrícolas.
A maior parte das pessoas têm terreno para cultivar: legumes, árvores de fruto e outros produtos para consumo.
Normalmente as pessoas têm um pouco de tudo: batatas, cenouras, cebolas, ervilhas, tomates, pimentos, couves, alfaces, maçãs, laranjas, uvas, pêras, morangos e, claro, as tão famosas cerejas.
A nossa terra é conhecida principalmente pelas cerejas, quase toda a gente tem uma cerejeira. A aldeia onde existem mais cerejeiras é em Alcongosta. Aqui as pessoas vivem do cultivo da cereja.
Os agricultores vendem as cerejas para consumo ou para outros fins. Da cereja também se pode fazer doce e licor.
Também existem outros frutos, que estão em estufas: a framboesa, a amora e a groselha, que se podem comer ou fazer compota e bebidas.
Gostamos da nossa terra porque tem muita variedade de produtos agrícolas e podemos saboreá-los frescos.
.
Trabalho de Tânia e Marta - 3.º ano
.
.

OS OVOS DE PERIQUITO - 2

. .
Voltando à questão dos ovos de periquito, aqui referido ontem no blogue, a prof.ª Graça elaborou, com os seus pequenotes do 1.º ano, este texto colectivo, aqui apresentado com a bonita letra da Ana Rita Matos.
.
Texto colectivo - 1.º ano
.
.

O SEMÁFORO

.
Depois da saga do Ouri, há que continuar a desenvolver este gosto por outros jogos matemáticos.

Desta vez, os alunos do 4º ano meteram-se com o semáforo. Não, não andaram a conduzir! Deliciaram-se simplesmente com este jogo - Semáforo - que, para além de simples e muito colorido, apela ao desenvolvimento de estratégias de raciocínio e precisão de cálculo.

Da rápida interiorização das regras à entrada no domínio das estratégias foi um saltinho.

Agora é só praticar e as cores do semáforo respeitar!

.

.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

TAMBÉM SABEMOS SALTAR À CORDA

.Talvez por uma questão genética - ou cultural - os rapazes, de um modo geral, raramente partilham com as raparigas as brincadeiras do recreio. Preferem jogos em que o território fica bem demarcado, colocando-as à distância, exibindo todo o vigor na disputa de uma bola ou em correrias que fazem todo o sentido para eles.
As raparigas preferem jogos mais calmos, de que a corda é um bom exemplo. Os rapazes vêem-nas saltar, se calhar às vezes com vontade de fazer uma perninha, mas não se aproximam, à excepção de dois ou três mais desinibidos.
Mas às vezes as coisas mudam. No intervalo da manhã, a Teresa mandou-me chamar à parte da frente do recreio. E, para meu espanto, um grupo de rapazes ousara acercar-se da corda, não tendo problemas em exibir os seus dotes, nem mesmo perante a máquina fotográfica da prof.ª Júlia.
Ainda bem que assim foi. O recreio ficou mais animado e, na simplicidade da execução de um jogo, talvez se tenham saltado algumas barreiras preconceituosas.
.
.

POLÍTICA DOS TRÊS R's

.
.
.
Madalena Madeira - 3.º ano
Catarina Angeja Jerónimo - 3.º ano
.
.

OS OVOS DE PERIQUITO

..
Na sala do 1.º ano existe uma gaiola com um casal de periquitos. Os pequenotes têm acompanhado o seu dia a dia, feito de trejeitos caracterizados por uma repetição de rituais, tendo-se familiarizado agradavelmente com as pequenas aves.
Há dias a rotina foi quebrada. A fêmea pôs ovos, suscitando olhares com uma curiosidade acrescida. Surgiram perguntas, questões, comentários...
Eles olham para o mundo que os rodeia e começam a questionar. Estão a crescer!
.
.

terça-feira, 18 de maio de 2010

PARABÉNS, DIOGO!

.
.
E pronto, cá temos mais um a fazer os 10 anitos. Desta vez foi o Diogo Marques, que soprou as velas num dia solarengo, propício ao aumento dos níveis de boa disposição.
O Diogo estava contente, e mais ficou quando os colegas cantaram para ele:
- Parabéns, Diogo!
.
.

ANIMAIS CRIADOS NA NOSSA REGIÃO

.
.
.










.
Trabalho efectuado por:
....................Beatriz Pereira - 3.º ano
....................Beatriz Ramos - 3.º ano
....................Pedro Rocha - 3.º ano
....................Gonçalo Duarte - 2.º ano
.
.

O FRUTAS E AS MAÇÃS

.

O FRUTAS tem ajudado os alunos da nossa escola a compreender melhor a importância que tem o consumo regular de fruta para a nossa saúde.
Depois de terem realizado pesquisas sobre diversas peças de fruta, hoje apresentamos algumas conclusões sobre a maçã.

A maçã, além de saborosa, tem considerável valor nutritivo. Contém vitaminas B1, B2, Niacina e sais minerais, como fósforo e ferro. As vitaminas, do Complexo B, ajudam a regular o sistema nervoso, o crescimento, evitam problemas da pele, do aparelho digestivo e queda do cabelo. O fósforo previne a fadiga mental, além de contribuir para a formação de ossos e dentes. O ferro é importante na formação do sangue.
Para melhor aproveitamento das suas vitaminas o melhor é consumir a maçã com casca (depois de bem lavada!).
A árvore que produz as maçãs é a macieira. Temos uma na nossa escola que já deu flor e agora aguardamos que nos brinde com deliciosas maçãzinhas!
Enquanto esperam, podem descontrair um pouquinho clicando aqui!
.
.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

A INVASÃO DAS LAGARTAS

.Às vezes acontecem fenómenos que aparentemente nos transcendem. É que nos últimos dias o jardim da nossa escola foi invadido por uma estranha espécie de lagartas, que chamam a atenção de todos pelas suas características. São simpáticas, grandes e rechonchudas, mas não se movem. Há quem diga, ao passar por ali, que "aqui há gato". Não há gato, mas há lagartas. Seja como for, o jardim está muito mais interessante desta maneira. E, aqui só para nós, talvez ainda dali venha uma surpresa. Mas o melhor é aguardar mais uns diazitos. .
.