sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

FELIZ NATAL!

.
Os alunos, professores e assistentes operacionais da Escola EB1 Aldeia de Joanes desejam, a toda a comunidade em geral, um Feliz e Renovado Natal e um Ano Novo pleno de esperança.
..
video
.
.

A EXPOSIÇÃO DE ÁRVORES DE NATAL JÁ ESTÁ NA ADCRAJ

.
Após um período de exposição na sede do Agrupamento de Escolas Gardunha e Xisto, onde foram apreciadas por centenas de pessoas, as miniaturas de árvores de Natal, obra conjunta de alunos e pais da nossa escola, já estão em exposição no átrio da ADCRAJ, onde permanecerão até ao dia 6 de janeiro de 2015, data em que serão divulgadas as decisões do júri.
Pegue na família e passe por lá, vai ver que vale a pena. É que há ali autênticas obras de arte.
.
 .
.
.
.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

A NOSSA FESTA DE NATAL!

.

 
.
 

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

FOI LINDA, A FESTA!

.
Uma festa, seja em que circunstância for, é sempre uma forma de comemorar, de enaltecer a vida. A Festa de Natal, talvez por todo o simbolismo que transporta, é uma festa diferente: mais sentida, mais interiorizada, é uma festa em que a harmonia tende a resgatar tudo aquilo que de melhor existe em nós.
Hoje, último dia de aulas, tivemos a nossa Festa. Foi linda, oh se foi, os alunos estiveram perfeitamente à altura do evento. Mas também os pais, que mandaram comida variada e abundante, as assistentes operacionais, que trataram de parte significativa da logística, as professoras Cláudia Bichinho e Raquel Belo, das AEC's de Inglês e Música, que estiveram irrepreensíveis, e, por fim, o dedo sempre atento dos professores das quatro turmas.
Numa festa há sempre diversas variáveis em equação: a organização, o desempenho, o ambiente geral... Porém, para lá de todas as avaliações, uma questão é fundamental: que o sorriso espontâneo aflore, que as pessoas se sintam de bem com a vida. E, por esse lado, a festa foi mesmo de Natal. Foi linda!
.
.
.
.
.
 .
.
.
.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

OS AMIGOS, ESSA COISA PRECIOSA QUE TEMPERA A VIDA...

.
.
Não há vida que se preze que prescinda de amigos. Eles são, muitas vezes, o condimento que falta, a mão que ampara, o sorriso que ilumina, o ânimo que faz seguir em frente. Na sua ausência, e sem qualquer ponta de exagero, tudo fica mais opaco, mais cinzento, até o pão parece sem sabor. Há, pois, que cultivá-los como coisa preciosa.
Hoje, inesperadamente, recebemos alguns miminhos de pessoas que gostam da nossa escola, que acreditam na amizade, gestos simbólicos de quem gosta de partilhar, de dizer que está presente. Hoje, apesar do dia friorento, os amigos trouxeram-nos um calor inigualável.
.
As prendas, como é evidente, são para os nossos alunos fruirem no recreio e na biblioteca. Um imenso obrigado, amigos!
.
.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

PRIMEIROS SOCORROS COM A ENFERMEIRA SOFIA

.

.

O saber não ocupa lugar, todos nós sabemos isso e, quando se trata de cuidados com a saúde, quanto mais soubermos sobre o nosso corpo, melhor.
Às vezes, e para além das importantes medidas de prevenção, os acidentes acontecem. Quando já não se podem evitar, há que atuar.
Como agir após um acidente - hemorragias, ferimentos ligeiros, queimaduras, desmaios... - de forma a prestar os primeiros socorros?
Foi este o tema que nos levou a convidar a dedicada enfermeira Sofia, mãe do Afonso.
Fazendo-se acompanhar da caixa de primeiros socorros, a enfermeira Sofia interagiu com as nossas crianças cativando-as, desde logo, com a sua delicadeza e simpatia. Solidários na procura do saber e na partilha de situações já vividas, os nossos pequenotes, cúmplices da atuação da nossa convidada, envolveram-se na simulação de pequenos acidentes e entregaram-se aos cuidados da enfermeira Sofia que enriqueceu aprendizagens ensinando-lhes gestos e atitudes que fazem toda a diferença.
Com todo o gosto a receberemos de novo, pois a sua experiência e profissionalismo, a sensibilidade e a ternura de quem, acima de tudo, se entrega na ajuda aos outros enalteceram e valorizaram o objetivo da sua presença na nossa escola.
Muito obrigada, senhora enfermeira, e até à próxima sessão! :)
.
.

SÍMBOLOS DE NATAL

.
.
No edifício da ADCRAJ, local onde "habitam" as turmas dos 2.º e 4.º anos, os símbolos de Natal - a árvore e o presépio - fazem-se sentir desde o início de dezembro, dando um particular destaque à simplicidade, que é, no fundo, a grande mensagem natalícia.
.
.
Colocados em locais estratégicos, árvore e presépio vão deixando, subtilmente, a sua mensagem, legando sementes que se pretendem profíquas.
Símbolos de Natal, uma tácita pausa da humanidade em busca do que de melhor encerra em si...
.
.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

SÍMBOLOS, CRENÇAS, ENCANTAMENTOS...

.
O Natal, tempo de encantos vários, é o epicentro dos recomeços. 
Para as crianças é incontornável o apelo ao encantamento, ao maravilhoso, como se dispusessem das peças do puzzle da vida para o montar de  acordo com a sua visão das coisas, tão única e genuína. Para os adultos, já sem a mesma espontaneidade nas crenças, é uma espécie de pausa, de retemperança, dum mergulho em tradições que sentem ser importante perpetuar. E a escola, instituição de íntima ligação com a família, não se alheia do fenómeno, cultivando símbolos que sente serem importantes na promoção duma sociedade mais elevada: a paz, o amor, a partilha...
.
.
O presépio, na nossa escola, já tinha sido montado, faltava dar corpo à árvore. No edifício da ADCRAJ (turmas dos 2.º e 4.º anos) seguiu-se um rumo (ver um próximo post), as turmas dos 1.º e 3.º anos optaram por enfeitar a árvore alimentando a causa de tutores e tutorados.
.
 .
 E foi lindo de se ver. Aos pares (tutor e tutorado), os alunos dos dois anos foram dando cor à árvore, vendo-a ganhar, a pouco e pouco, a configuração do encantamento.
.
.
Algumas palavras e um cântico remataram a simbólica cerimónia, mais não era preciso. A boa semente apenas precisa de carinho.
.
.

UM BEIJO PARA O PAI NATAL

.
.
É Natal e é sempre com um enorme prazer que aceitamos partilhar um pouco deste espírito com as "meninas da Biblioteca"! Podemos mesmo dizer que já é tradição nossa!
Na história a que hoje assistimos, mais do que qualquer apetecível presente, importava voltar a trazer alegria e entusiasmo ao Pai Natal que se sentia muito triste desde que deixara de sonhar...  Não foi fácil animar o Pai Natal, e o Max fez de tudo um pouco oferecendo-lhe mimos, um presente, um truque de magia e até uma canção para o Pai Natal "abanar o capacete"... O Max bem se esforçou e até pediu ajuda ao público presente que contribuiu criando uma história só para ajudar o Pai Natal a sentir-se mais feliz! E, acreditem, que história!!! Não só o Pai Natal conseguiu voltar a sonhar, como até a Mãe Natal rejuvenesceu! :)
Bem, certo é que, de mão dada com este espírito natalício que já se faz sentir, há toda uma magia que nos encanta sempre que nos deslocamos à Biblioteca Eugénio de Andrade, pois o espaço enleva-nos transpondo as páginas dos livros, o tempo é intemporal, as personagens envolvem-nos nos seus enredos e, acreditem, oferecem-nos sempre o papel principal, sim,  pois somos nós que acabamos sempre por sonhar...
 
.
De todos nós, aqui vos deixamos um "livro" muito especial intitulado "Um beijo para as meninas da Biblioteca!"
Oh Oh Oh! Feliz Natal!
.
.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014